quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Mulherzinhas que nunca sonharam em ser um mulherão

Eu quero o livro da Fernanda Takai


Esses passeios por sites, blogs e links indicados por amigos muitas vezes não trazem nada de especial ou de muito relevante, mas hoje, quando já me preparava para desligar o computador, me deparei com um link que me atraiu.

Era o blog da Fernanda Takai, vocalista do Pato Fu. Por um instante, deixei minha curiosidade sobre a vida alheia transbordar e quis saber um pouco mais dessa mulherzinha que tanta gente diz que eu me pareço.

Tá bem que essa história de me chamar de Fernanda Takai começou com um corte de cabelo que eu não escolhi e provavelmente por nossa baixa estatura, mas navegando em seu blog, descobri algumas outras pequenas cositas em comum entre a minha pessoa e essa pessoa que nunca vi ao vivo na vida.

Fernanda Takai curte coisas relacionadas a audiovisual e chegou a escrever um roteiro de curta-metragem, do qual também assinou a direção, para um programa do Multishow (sonho da Camilinha). Fernanda Takai é cantora e compositora e um dos raros cidadãos brasileiros que ganha a vida de música (sonho nunca revelado anteriormente por Camilinha, mas que necessita de um talento com o qual não nasci). Fernada Takai escreveu um livro de contos publicados em dois jornais de grande circulação no país (talvez o sonho mais palpável de Camilinha).

E para parar por aqui com as revelações pessoais e não começar a sentir que a dita cuja leva a vida que eu pedi aos céus, chego a grande revelação que o tal link do blog me trouxe: EU QUERO O LIVRO DA FERNANDA TAKAI!

Detalhe: o prefácio do livro foi escrito por Zélia Duncan.

Nunca subestime uma mulherzinha é da editora PandaBooks e pode ser encontrado nas melhores livrarias da sua cidade.



"Lá vai se embora meu mundo sem mim...
O que há de errado em ser tão errado assim?
Já vou saindo, não precisa empurrar...
Pois meu maior defeito é insistir
Que ele é perfeito,
Que é pura crueldade pedir pra ele mudar"
(Pato Fu)

Um comentário:

_peron. disse...

Acabei de voltar da Saraiva.
Fui comprar para dar de presente à dona kakauana, em comemoração aos últimos 4 meses, mas a vendedora desistiu de procurar o livro na loja, pediu para que eu voltasse às 16h se eu pudesse ...
Vou sair do trabalho e ver se tem na Leitura.
É mole ?!