sábado, 3 de março de 2012

Um texto assim


Dois homens trabalham cortando carnes no balcão de um açougue.

NAD
Ei, Schiller, como andam suas botas?

SCHILLER
Nada bem, Nad. Não secam nem depois de um dia de sol.

NAD
Você precisa de botas novas, Schiller.

SCHILLER
Eu sei, Nad, mas meus trocados mal dão pro conhaque.

NAD
Posso te vender umas.

SCHILLER
Você tem botas aí, Nad? Por que não me disse antes?

NAD
Não tenho. Mas posso ter.

SCHILLER
E vai roubá-las de quem?

NAD
Não faço dessas coisas, Schiller. Tenho outras maneiras de ganhar a vida.

SCHILLER
Não posso pagar.

NAD
Ainda não dei o preço.

SCHILLER
Já disse que meus trocados mal dão pro conhaque.

NAD
Você pode me pagar a prazo.

SCHILLER
O que é isso, Nad, seu filho da puta, virou agiota?

NAD
Ei, Schiller, cala essa boca. Vai querer ou não as botas?

SCHILLER
Olha, Nad, acho melhor não me meter com caras como você. Meus trocados não dão pra nada e não quero 
morrer por um par de botas.

NAD
Tem medo de morrer, Schiller?

SCHILLER
Não. Só está cedo.

NAD
Sabe, Schiller, tem caras por aí que não acham que está cedo pra você morrer.

SCHILLER
Nad, eu devia moer sua cara.

NAD
(virando-se de costas para Schiller)
Você não é de nada Schiller, nunca soube de uma briga que você ganhou. Esses caras vão acabar com você em um minuto.

Schiller pula sobre Nad. Os dois rolam sobre o balcão. Schiller força a mão de Nad contra o moedor de carne até ele perder as pontas dos dedos.



- Mano, eu queria escrever um filme assim.
- Você não escreve nem bilhetinho pra mulher.
- Coisa de homem, sabe?
- Você nem me parece um homem.
- Vai se fuder, Devid.
- Você é um muleque.
- E você um pela saco.
- Desliga essa porra e volta pro trabalho.
- A dona Silvana disse que precisa ter filme ligado o dia todo.
- Mas é filme novo, coisa que vai fazer alguém querer assistir.
- E o que tem de errado com esse filme?
- É ridículo, velho e decadente.
- Você não entende nada de filmes.
- E você, seu paspalho, entende o quê? Balconista de lanchonete!
- Olha aqui seu cretino, sou tão empregado aqui quanto você. Mais uma dessas e eu vou moer sua cara.
(entra uma cliente. Os dois param de discutir).

Um comentário:

peron disse...

tem rolado umas pitadas de humor por aqui que não existiam antes rs.
adorei.