segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Galinha que acompanha pato morre afogada

A proximidade do mar tem me dado uma destreza.....

Não me pergunta muita coisa, porque boa parte das coisas que eu faço não tem mesmo explicação.

(Parafraseando Thalita Peron: acho q certas coisas ficam mais bonitas sem explicação).


Se tudo estivesse acontecendo em outros tempos, a cabeça tava dando um nó, mas com a calma que me acomete nesses dias chuvosos e a paz que eu sinto quando o sol resolve amanhecer entrando pela minha janela, tá tudo fluindo lentamente.


E assim até parece ser mais gostoso. Dá tempo para aproveitar cada detalhe.


Família vai bem, cada vez mais moderna. Encontros com as amigas de vovó também têm sido proveitosos.


Festival de Cinema tá começando e promete tornar o decorrer das próximas semanas mais suave. Já estou até me planejando para acordar de frente pro Pão de Açúcar mais uma vez. (Estende a rede que eu tô chegando).


Eleições se aproximando, vou aproveitar pra ver o filhote e os amigos, além de exercer minha cidadania na esperança que meus candidatos possam fazer um pouco mais por nós. Mas uma cidade que elege Bejani, Tarcísio e Custódio Matos sucessivamente não me deixa criar muitas expectativas.


Quem sabe essa ida à Jotaéfe não me trás boas novidades?


Existem tantas coisas lindas por fora e deliciosas por dentro....


Enquanto isso, o Raul vai tocando insessantemente no meu mp3.




"Nunca se vence uma guerra lutando sozinho
Cê sabe que a gente precisa entrar em contato
Com toda essa força contida e que vive guardada
O eco de suas palavras não repercutem em nada"(Raul Seixas)

2 comentários:

Srta. Damasceno disse...

Sorte de hoje: Uma imaginação bem canalizada é fonte de grandes proezas

_peron. disse...

passarinho que acompanha morcego acorda de cabeça pra baixo.
e sobre me parafrasear, foi exatamente isso que eu falei num monólogo gigante mais cedo, mais um desabafo com preguiça do que um monólogo, naquela hora que você me passava uma música do raul pra eu ouvir.
vc sempre melhora minhas segundas.