sábado, 5 de abril de 2008

Ela é assim

E fim.


Acho que já está na hora.

Hora de recolher o que falta, lembrar dos últimos detalhes e ir.

Sem festas de despedida, sem saber quando volta - se semana que vem ou daqui há seis meses.

Sou assim e fim. Não sei nem se eu mesma sei lidar comigo. Não dá pra cobrar que ninguém me entenda.

Não dá pra saber se com o tempo passa, muda. Só é assim e fim.

E isso me dói mais do que parece.

Tudo que começa com muito, pode acabar muito pior, mas eu só tenho sido o que me parece ser o melhor.

Às vezes, eu não sei pedir desculpas.



" Não tenho muito tempo
Tenho medo de ser um só
Tenho medo de ser só um
Alguém pra se lembrar"

(Pato Fu)

Um comentário:

_peron. disse...

o pior é que não precisa cobrar, porque alguém já te entende.
o pior é que não precisa saber pedir desculpas, porque não há culpa.
o pior é que isso não parece te doer, quase nunca.
o pior é que realmente tem sido o que te parece ser o melhor.
o pior é que do jeito que está, vai acabar sendo só um alguém pra se lembrar.
mas do jeito que é, me faz pensar que poderia ser muito pior, poderia ser pouco.
e de pouco já não tem mais nada.
ufa rs. bjs.