domingo, 30 de dezembro de 2007

Se Sexo é o que Importa só o Rock é Sobre Amor

A perfeição não existe. Sentir paz tão de perto é quase orgasmático.


As vezes me faltam palavras, as vezes bate uma baita saudade, as vezes eu só quero o silêncio das línguas cansadas.

O tempo passa rápido, mas a gente vai aproveitando os momentos que consegue.

Cansando a língua de praticar as línguas que se fala nesse lugar.

Saber que as coisas andam bem ajuda a deixar chegar a tranquilidade.

Nunca estive tanto tempo sob a influência de aspectos que me deixam tão próxima de sentir paz.

Meus guias me cercam por todos os lados, me sinto mais do que protegida.

Que os astros nos dêem um próximo ano ainda melhor.



"Te fiz um mambo, Melissa
Sobre cegos na Polônia
É sobre o teu umbigo furado
Teus olhinhos puxados
É sobre a tua pele branquinha
Pronta pra ficar morena
Se não tiver como ir pra praia
Não precisa nem estalar os dedos"
(Bidê ou Balde)

Um comentário:

_peron. disse...

escute "mesmo que mude", acho que eu já falei isso rs.
que bom que tá bem, meu bem.

aqui o calor deve ser três vezes maior, e não deixo de dormir depois do almoço pra ia à praia rs.
mas procurar paz no meio do caos é uma atividade constante no verão, aí e em qualquer lugar.
cuide-se, damasceno.bjs